O que significa quando um motor é sobrealimentado?

Quando se trata de motores de automóveis, a maioria é normalmente sobrealimentada ou turboalimentada. Se você é como a maioria dos leigos, você provavelmente não sabe a diferença entre os dois. Ambos parecem surpreendentes, é claro, mas os nomes em si não se traduzem necessariamente em grandes ou potentes motores. O debate entre estes dois tipos de motores e qual é o melhor está em andamento, mas uma vez que você aprenda um pouco sobre cada um deles, você pode mais facilmente fazer uma escolha sobre qual seria o melhor para você quando estiver comprando um carro.

Apenas o básico

Para entender um motor sobrealimentado, é preciso primeiro entender como funciona um motor. Um motor de combustão interna produz potência dependendo de quanto combustível é capaz de queimar e de quão bem o calor é convertido em força mecânica. Como o combustível precisa de oxigênio para entrar em combustão, a quantidade máxima de potência que se obtém de um motor depende principalmente da quantidade de ar que ele pode consumir para queimar esse combustível. É por isso que a alimentação forçada do ar de um motor é a técnica utilizada nestes casos.
Quanto mais ar você forçar um motor, mais combustível ele queimará e mais potência você terá. Turbocompressores e sobrealimentadores são compressores de ar que fornecem o ar necessário, e embora ambos sejam o mesmo tipo de item, eles funcionam de forma completamente diferente.

O que é um Turbocompressor vs. um Motor Supercharged?

Para colocar mais ar em um motor, um turboalimentador utiliza a energia térmica e a velocidade dos gases de escape que saem dos cilindros do motor para girar uma turbina que aciona o compressor (ou o rotor) para que ele possa forçar mais ar de volta ao motor. Em contraste, enquanto um superalimentador também bombeia mais ar em um motor, o ar é acionado mecanicamente através de uma correia no motor e sai de um motor elétrico ou de um virabrequim de um motor normal.

  Qual carro é o melhor para as montanhas?

Prós e contras de cada tipo

Como você pode imaginar, há vantagens e desvantagens para ambos os tipos de motores, e isso é o que explicaremos aqui. Para os motores de partida, o motor turboalimentado tem um “turbo” ou “boost” retardado quando você pressiona o acelerador. Em outras palavras, há um ligeiro atraso quando você pressiona o acelerador com o pé direito, simplesmente porque o próprio turboalimentador precisa de um pouco de tempo para “enrolar” antes de fornecer aquela explosão de potência. Isto porque a pressão e o calor necessários para aumentar a rotação do turbo leva um segundo ou dois.
Isto é necessariamente uma coisa ruim? De modo algum, mas é uma das diferenças entre estes dois tipos de motores. Um supercompressor não tem atraso porque sua bomba de ar está sempre girando, graças em parte ao fato de estar ligado diretamente ao virabrequim do motor. Por causa disso, com um motor sobrealimentado, o impulso é percebido imediatamente porque nunca há qualquer tipo de retardamento.
Existem também outras diferenças entre turboalimentadores e sobrealimentadores. Para um deles, cada um tem seus inconvenientes. Enquanto a desvantagem do motor turboalimentado (para algumas pessoas) é a defasagem, a desvantagem do motor sobrealimentado é a eficiência geral. Lembre-se que um supercompressor usa a potência do próprio motor para girar a si mesmo, o que significa que ele pode usar uma grande parte da potência desse motor quando a ação estiver completa. Por causa disso, os supercarregadores tendem a ser menos eficientes no consumo de combustível, uma vez que eles retiram tanta potência do motor durante todo o processo.
Outro fator a ser considerado é a resposta do acelerador. Com motores sobrealimentados, você obtém uma ótima resposta do acelerador, que por sua vez desenvolve instantaneamente a mega-potência necessária para produzir a resposta que você procura. Superchargers produzem uma grande resposta de aceleração que faz com que a potência de seu motor aumente drasticamente e, portanto, proporciona a você uma melhor experiência geral de direção. Alguns dos veículos conhecidos que utilizam motores sobrealimentados incluem o Chevrolet Corvette Z06 (650 HP), os Dodge SRT Challenger Demons e Hellcats (700+ HP), e o ZR1 (755 HP).

  Um carro preto é mais quente do que um carro branco?

Por que Escolher um Motor Superalimentado?

Embora tanto os turboalimentadores quanto os superalimentadores tenham seus ventiladores, e embora os motores superalimentados possam estar um pouco atrás dos motores turboalimentados quando se trata de eficiência de combustível, eles ainda oferecem inúmeras vantagens sobre os turboalimentadores. Estas incluem:

  • Geralmente custam menos do que um motor turboalimentado
  • Eles ajudam a reduzir a quantidade de fumaça proveniente dos gases de escape
  • Produzem mais potência do que um turboalimentador
  • Permitem uma aceleração mais rápida do veículo
  • Eles não produzem nenhum atraso como um turboalimentador produz
  • Eles fornecem uma grande potência a uma RPM mais baixa
  • Eles tendem a fornecer grande potência em geral
    Há também três tipos diferentes de supercarregadores, que são sensatos de levar em consideração quando você estiver fazendo compras para seu próximo veículo. Estes três são:
    ● Supercarregadores centrífugos, que obtêm sua potência através de um sistema de polias de correia no motor.
    ● Supercarregadores do tipo Root, que têm dois rotores em forma de epicicloide que são chaveados em dois eixos separadamente. Uma correia em V ou trem de engrenagem é usada para alimentar o eixo restante.
    ● Sobrecarregadores do tipo palheta, que utilizam várias palhetas montadas em um tambor do sobrealimentador. Molas pré-comprimidas são usadas para empurrar as palhetas para fora.
    E quando você estiver considerando as vantagens de usar um motor sobrealimentado, você também deve levar em consideração suas desvantagens. Além de serem menos eficientes no consumo de combustível, os supercarregadores também podem ser um pouco menos confiáveis que os turboalimentadores. Isto porque ele faz um número no motor e é mais resistente ao motor do que os turboalimentadores, o que significa que seu motor provavelmente não durará tanto tempo quanto duraria se você tivesse um turboalimentador.
    Estas são apenas algumas das razões pelas quais, apesar das muitas vantagens de usar um superalimentador, cada vez mais pessoas estão escolhendo turboalimentadores em seu lugar. Nos dias de hoje, nas cidades e estados que fazem leis que regulam o consumo de combustível, a questão da eficiência de combustível por si só é suficiente para muitas pessoas escolherem os turboalimentadores, mesmo que os turboalimentadores tenham um atraso que você não precisa sofrer quando escolhe um superalimentador.
    No final, no entanto, cabe a você rever os prós e contras do motor sobrealimentado para ter certeza de que é certo para você, o que deve ser um processo bastante simples.
  Qual é a marca de carro mais duvidosa?

James May

A grande paixão de James são os carros. Ele tem publicado conteúdo na Carros Luxuosos A2Z desde o seu início, na primavera de 2021.

Recent Posts